08/01/2020

Incentivar investimentos é foco do Ano Internacional dos Enfermeiros e das Parteiras

Em 2020, OMS promove parcerias para aumentar reconhecimento ao grupo

Em 2020, OMS promove parcerias para aumentar reconhecimento ao grupo em nível global; mundo precisa de 9 milhões de enfermeiros e parteiras para conseguir atingir cobertura universal de saúde na próxima década.

Com a chegada de 2020, a Organização Mundial da Saúde, OMS, destaca o começo do Ano Internacional dos Enfermeiros e das Parteiras. 

Com esta celebração, a agência pretende que os Estados-membros reconheçam a função destes especialistas na prestação de serviços de saúde pública.

Enfermeira prepara vacinação de criança no Kivu Norte, na RD Congo. Foto: Unicef/Thomas Nybo

Enfermaria Moderna  

A comemoração quer fazer soar o alarme sobre o déficit deste grupo de funcionários de saúde no mundo e coincide com o bicentenário do nascimento de Florence Nightingale, a fundadora da enfermaria moderna.

A agência destaca que enfermeiros e parteiras são cerca de metade dos profissionais de saúde em todo o mundo. Suas funções incluem cuidar de idosos e crianças, aplicar vacinas, oferecer serviços de saúde e, de uma forma geral, satisfazer necessidades diárias em sua área de trabalho.

Os locais onde estes atuam são considerados “o primeiro e o único lugar de atenção disponível em suas comunidades.” A OMS alerta que é preciso ter mais 9 milhões de enfermeiros e parteiras para ter uma cobertura universal de saúde até 2030.

Enfermeiras e parteiras são também a maioria dos 70% de profissionais do sexo feminino que trabalham nos setores social e de saúde.

De acordo com a agência,  somente a área de obstetrícia pode evitar mais de 80% de todas as mortes de mães, natimortos e recém-nascidos com métodos que já foram comprovados tais como o planejamento familiar.

Unicef/Antoine RaabPara a OMS parteiras “são essenciais para prestar qualidade de cuidados, em todos os cenários, a nível global.”

Investimentos

Durante 2020, o plano da agência é realizar atividades com a Confederação Internacional de Matronas, o Conselho Internacional de Enfermeiros, a iniciativa Nursing Now e o Fundo de População das Nações Unidas, Unfpa.

O destaque será uma campanha que nesse período pretende abordar questões destes trabalhadores e promover investimentos em prol do grupo.

Antes de ser proclamado o Ano Internacional do Enfermeiro e da Parteira, a importância destes profissionais era destacada em jornadas internacionais. O Dia Internacional do Enfermeiro é celebrado em 8 de maio e o da Parteira em 5 de maio.


Fonte: ONU News



  • Licitacao2-207x115